Três novos poços começam a ser perfurados no Sítio Carrasco em Apodi

Obra da adutora Apodi/Mossoró entra em nova fase com a perfuração de poços que vão se somar aos quatro já existentes.

A adutora Apodi/Mossoró entra em nova fase de obras com captação de água em manancial subterrâneo que vai garantir segurança hídrica para a segunda maior cidade do Estado. Uma bateria de sete poços fornecerá 1,1 milhão de litros de água por hora. A Caern iniciou a perfuração de três novos poços, os outros quatros já estão perfurados, que serão ativados quando a adutora estiver operando. Os poços estão sendo perfurados entre os municípios de Apodi e Felipe Guerra e podem atingir a profundidade de 700 metros.

ADUTORA

A adutora principal entre o sítio Carrasco e a cidade de Mossoró tem 60 quilômetros de extensão. As obras da adutora Apodi/Mossoró continuam com várias frentes de serviço. Estão ocorrendo serviços na adutora nas proximidades da RN-015 (estrada que liga Mossoró a Baraúna) e na BR-405 (rodovia que liga Mossoró a Apodi).

A previsão é que a adutora Apodi/Mossoró fique pronta até julho de 2025. O investimento nesta fase atual da obra é de R$ 82 milhões. “A Caern está cumprindo o que prometeu para Mossoró. Ativamos o poço 33 na semana passada no bairro Rincão, e em março passado já tínhamos entregue o poço 6B de Nova Betânia. Nosso compromisso é garantir água para os mossoroenses. As obras da Apodi/Mossoró continuam para entregarmos em 2025 mais uma obra de fundamental importância para os mossoroenses”, explica o presidente da Caern Roberto Sérgio Linhares.

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios detectado

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.