Flávio Azevedo toma posse como senador por quatro meses após licença de Rogério

Empresário e ex-presidente da Fiern substitui Rogério Marinho no Senado, prometendo empenho durante licença do titular.

O empresário Flávio Azevedo (PL) é o mais novo senador do Rio Grande do Norte. Ele assumiu a titularidade no Senado Federal durante sessão plenária nesta quarta-feira 19, em substituição a Rogério Marinho (PL), que tirou licença para um período de 120 dias do mandato, como o objetivo de se dedicar integralmente às campanhas eleitorais municipais do partido no Estado.

Flávio Azevedo afirmou, em seu primeiro discurso como senador, que se empenhará ao máximo para honrar o cargo e que será difícil suceder Rogério Marinho, líder da oposição no Senado, nos próximos quatro meses.

“É uma missão difícil e espinhosa, mas eu tenho que fazer o possível para isso. E só posso comprometer-me com uma coisa: eu farei o possível. Não sei, com certeza, até onde eu serei capaz de substituí-lo”, disse. E acrescentou o seguinte: “Quando a Justiça é injusta, nós temos todo o direito de desobedecê-la. Eu faço dessa frase a minha inspiração para os quatro meses que vou passar aqui”.

Hoje com 78 anos, Flávio Azevedo presidiu a Federação das Indústrias do RN (Fiern) de 2003 a 2011 e foi vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI) entre 2008 e 2011. Empresário da construção civil, ele foi presidente dos Conselhos Regionais do Sesi/Senai/IEL do RN entre 2003 e 2011 e secretário de Desenvolvimento Econômico (Sedec) do governo Robinson Faria (PL), entre 2015 e 2018.

Atualmente, é também um dos proprietários do Sistema Tribuna de Comunicação, que inclui o jornal Tribuna do Norte e a rádio Jovem Pan News. Sua posse reuniu diversas autoridades, entre elas o presidente da CNI, Albano Franco; o presidente da Fiern, Roberto Serquiz, e o presidente da Federação da Agricultura, Pecuária e Pesca do Rio Grande do Norte (Faern), José Vieira.

Membros da bancada federal potiguar também prestigiaram o ato, como o senador Styvenson Valentim, e os deputados federais Paulinho Freire, Benes Leocádio, General Girão e Robinson Faria.

Esta é a primeira vez que Flávio Azevedo assume como senador, mesmo que durante um período determinado.

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios detectado

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.